terça-feira, 21 de junho de 2016

Novos sapatos...

Não estou disposta a calçar calçados que me machucaram, que me fizeram parar pelo caminho e me sentir a menos do que eu sou. Não, eu não preciso, não mereço e não quero isso, a caminhada é tão longa, mesmo sendo estreito o caminho, tem outros calçados, que não machucam, não me desanimam, mas que são capazes de me proporcionar o sentimento de me sentir única, única tanto pra mim, quanto para as pessoas que me cercam. Os obstáculos do caminho já nos machucam o suficiente, mas são dores e feridas construtivas, que irão produzir algo bom em nós. Mas ás vezes é preciso deixar velhos sapatos e calçar os novos, pois a vida é agradável demais para aceitarmos ser machucados com velhos sapatos. Você não perde nada quando deixa um sapato velho largado pela estrada, mas sim quando decide continuar a caminhada com o mesmo, pois sem mudanças, nada muda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário