terça-feira, 7 de junho de 2016

Passáros voam, chegou a minha vez.

"Sim, você pode sair a hora que quiser, com quem quiser, a vida realmente é sua, sempre foi sua, mas a partir do momento em que você permitiu a minha chegada nela, deveria ao menos ter sido a minha vida, mas não, eu estava cega demais, ao ponto de confiar em alguém como você. Além do mais, pode parar de me mandar mensagem, esperando que eu mande, não perca o seu tempo, vá curtir, a vida não é uma só? Pois é, ou curte do meu lado ou curta sozinho, cansei de metades, você é pouco demais diante dos meus olhos. Pode beber até dar um pt dos piores, esquecer de mim e até do meu nome. Faça o que desejar fazer, mas não se preocupe comigo, não preciso disso. Faz o seguinte, fica com várias, saia com todas, ache que está arrasando, poste frases, músicas e fotos pagando de desapegado na pista.
Mas quero que saiba que quem está desapegada sou eu, que mereço muito mais que isso. Você está livre para fazer o que quiser, mas lembre-se quando você me procurar, eu já não estarei mais lá, pássaros são feitos para voar, você fez o que queria, agora é a minha vez. Não se preocupe mais comigo, não quero sua preocupação, nem receber sua mensagem, tão pouco ouvir sua voz, quero muito mais que isso, quero alguém que me faça sentir alguém, mas nem pra isso você serviu, até logo é pouco, pra você eu dedico um adeus, isso basta. Mas não se esqueça, você nunca mais irá encontrar alguém como eu!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário