sábado, 24 de setembro de 2016

Um terço dela


Ela se sentia sozinha, sem rumo e sem direção, não esperava o príncipe encantando, nem acreditava nos finais felizes do conto de fada, até porque ela cresceu e percebeu como o mundo realmente é e como as pessoas são. Ela só esperava por alguém que segurasse firme em suas mão e não soltasse por motivo algum. Ela é nova, gosta de chocolate, de flores, de sabor e cores, mas não desiste de sonhar, mesmo quando muitos dos seus milhares sonhos não se concretizam. Ela tem uma fé, é forte e sabe sorrir em dias em que seu coração está se acabando em lágrimas. Ela não sabe bem o que quer, mas sempre teve certeza de quem queria por perto. Não sabe esconder o que sente, seja tristeza, ciúmes, ou raiva, ela é transparente, não se importa se vão se importar ou não com sua dor ou com o que ela demonstra, viver é a essência pra ela, quanto aos outros, pouco se importa, nada pensa, nada fala. Quer dias que tragam sorrisos, deseja lágrimas que transformem em sorrisos, é uma mistura de menina-mulher, que sonha e vive sonhos que só quem ama algo ou alguém é capaz de sonhar e viver. Isso nem é metade do que ela é, e mesmo que tentem descobrir totalmente o que ela guarda dentro de si, ninguém nunca consegue, é algo especial, diferente e único, que só ela vive, só ela sabe, só ela sente, é um terço dela. 




Autoria de imagem :
http://piecesoffeelings.blogspot.com.br/2011_12_04_archive.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário