domingo, 23 de outubro de 2016

Insistir, não dá!


Estou cansada de lutar, mesmo com todas possibilidades de ir, sempre sou a boba, sim, eu escolho ficar, desfaço a mala imaginaria das nossas vidas sem que eu perceba. Eu não queria ir, mas às vezes insistir em segurar a corda sozinha cansa, dói, você solta, já soltou e eu estou me ferindo aos poucos. Não vale a pena continuar nessa história que parece que não vai ter fim, ou melhor, não deveria ter iniciado. Mas eu não tenho culpa de gostar tanto de você dessa maneira, a única culpa que eu tenho é não poder fazer nada para mudar isso. Mas eu posso ir embora, tenho todo direito de ir carregando a dor comigo, até porque ela não é pra sempre. Amor serve para ser correspondido e não quero você pra preencher espaço, é tudo ou nada, completa com intensidade ou se vai e deixa saudade. Saudade depois passa, se vai, da mesma maneira que eu estou decidindo ir e deixar você pra trás.

Imagem : http://amenteemaravilhosa.com.br/aos-que-nos-deixaram-sem-chance-dizer-adeus/

Nenhum comentário:

Postar um comentário