quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Erramos

A gente quebra a cara quando apostamos nossas expectativas que tudo vai dar certo, caímos de ponta, nos entregamos de coração a outro coração que mal tem espaço pra nós. Erramos desde o momento em que achamos que alguém pode preencher de vez todo vazio do nosso coração. Todo vazio é preenchido aos poucos, com uma intensidade forte ou fraca. Não adianta engolir o choro, chora mesmo, se sinta leve, coração bom demais nunca aguenta a dor e a pressão dos obstáculos da vida. Você não é fraca por chorar, é forte por admitir que não aguenta tanta dor guardada no peito e que as lágrimas caem sim e com vontade. Ah, porque a vida é linda, mas alguns dias são difíceis, trazem consigo um olhar lacrimejando prestes a derramar lágrimas, uma sensação de aperto no peito que a saudade trouxe ou ainda irá trazer. Você chora muito, mas no final sempre tem aquele sorriso estampado no rosto, guarda sua dor no bolso e sai, não se preocupa com si mesma, mas faz o próximo a sua prioridade, você é rara, são poucos os que sonham baixo para si próprio e alto demais para os outros. Mas não, você sonha, é rara, ama, vive, recomeça, plante bons frutos na árvore do seu coração, pois cada um colhe o que optou por plantar. .

Nenhum comentário:

Postar um comentário